Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Abertura dos mercados: Impasse do Brexit e queda das tecnológicas deixam bolsas em queda e obrigaçõe
23-10-2019 09:32

Os mercados em números
PSI-20 desce 0,17% para 5.007,43 pontos
Stoxx 600 perde 0,36% para 393,16 pontos
Nikkei valorizou 0,34% para 22.625,38 pontos
Juros da dívida portuguesa a dez anos descem 3,1 pontos para 0,174%
Euro recua 0,01% para 1,1124 dólares
Petróleo em Londres cai 0,44% para 59,44 dólares o barril
 
Tecnológicas penalizam bolsas
As bolsas europeias estão a negociar em queda esta quarta-feira, 23 de outubro, após duas sessões de ganhos, numa altura em que persistem as incertezas em torno do Brexit.
 
Ontem, o parlamento britânico aprovou os termos gerais do acordo para a saída da União Europeia, mas chumbou o apertado calendário que previa o debate e votação da legislação complementar ao acordo até quinta-feira. Assim, foi apenas uma meia-vitória para o primeiro-ministro Boris Johnson, que não deverá conseguir assegurar a saída da UE a 31 de outubro.
 
Esta rejeição do parlamento torna cada vez mais provável um novo adiamento do Brexit, que mantêm em dúvida o calendário para o divórcio definitivo do Reino Unido da União Europeia.
 
Neste contexto, o índice de referência para a Europa, o Stoxx600, cai 0,36% para 393,16 pontos, penalizado sobretudo pelo setor das tecnológicas, que segue com desvalorizações superiores a 1%, depois de a Texas Instruments ter revelado estimativas para o quarto trimestre inferiores a todas as projeções dos analistas.
 
Na bolsa nacional, o PSI-20 desce 0,17% para 5.007,43 pontos, com a maioria das empresas com sinal vermelho.
 
Juros descem em toda a Europa
As obrigações estão a subir por toda a Europa, com os investidores a fugirem do mercado acionista e a refugiarem-se em ativos considerados mais seguros, como é o caso da dívida soberana. Assim, os juros estão em queda na generalidade dos países do euro, como é o caso de Portugal, em que a yield das obrigações a dez anos desliza 3,1 pontos para 0,174%.
 
Em Espanha, os juros recuam 3,1 pontos para 0,224%, em Itália caem 2,6 pontos para 0,895% e na Alemanha descem 3,2 pontos para -0,404%.
 
Libra pouco alterada após duas sessões de perdas
 
A moeda britânica está pouco alterada face ao dólar, depois de dois dias consecutivos de perdas, devido ao impasse em torno da saída do Reino Unido da União Europeia. Perante a crescente probabilidade de um novo adiamento, a libra valoriza ligeiros 0,01% para 1,2873 dólares.
 
Também a moeda única europeia está praticamente inalterada face à nota verde, com uma descida de 0,01% para 1,1124 dólares.
 
Petróleo desce com perspetiva de aumento das reservas
O petróleo está a descer nos mercados internacionais, penalizado pela perspetiva de novo aumento das reservas de crude dos Estados Unidos. Segundo os dados avançados pelo Instituto do Petróleo Americano, as reservas terão subido em 4,45 milhões de barris na semana passada, o que representa o sexto aumento semanal. Os dados oficiais da Administração de Informação de Energia dos EUA serão conhecidos esta tarde.
 
Nesta altura, o West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, desce 0,68% para 54,11 dólares, enquanto o Brent, transacionado em Londres, perde 0,44% para 59,44 dólares.
 
Ouro ganha com fuga ao risco
A fuga dos investidores de ativos de maior risco está a beneficiar o ouro, o ativo de refúgio por excelência, numa altura em que o impasse do Brexit e a ameaça de eleições antecipadas no Reino Unido continuam a dominar o sentimento do mercado.
 
O ouro valoriza 0,33% para 1.492,60 dólares.

Covid-19: UE retira Marrocos da lista de países sem restrições de viagens
07-08-2020 23:48

Brasil quer que investidores adotem zonas da Amazónia para a protegerem
07-08-2020 23:32

Canadá promete retaliar protecionismo dos EUA em relação ao seu alumínio
07-08-2020 22:47

Football Leaks: Marcelo respeita decisão da Justiça ao libertar Rui Pinto
07-08-2020 22:43

Tensões EUA-China e ausência de estímulos levam Nasdaq ao tapete
07-08-2020 21:27

SpaceX de Musk lança mais 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade
07-08-2020 20:56

Covid-19: Crianças até 12 anos não vão pagar viagem de avião para os Açores
07-08-2020 20:44

Alarme soa em França: já há dez mil novos casos de covid-19 em agosto
07-08-2020 20:30

Ouro e petróleo regressam às quedas com valorização do dólar
07-08-2020 19:47

Lay-off: CGTP exige fim das "discriminações e injustiças" no complemento de estabilização
07-08-2020 18:53

Acidente com avião da Air Índia Express causa 14 mortos e 123 feridos
07-08-2020 18:37

Fair play financeiro: UEFA mantém restrições ao FC Porto em 2020/21
07-08-2020 18:34

Tribunal defere PER pedido pela SAD do Desportivo das Aves
07-08-2020 17:57

Hacker Rui Pinto vai ser libertado
07-08-2020 17:36

Revive: Recuperação e adaptação do Mosteiro de Rendufe ao turismo estimadas em 5,5 milhões
07-08-2020 17:26

PSI-20 volta a perder com Galp e Nos a cederem mais de 1%
07-08-2020 16:48

Exportações de componentes automóveis aligeiram queda em junho. Quebra no semestre é de 26%
07-08-2020 16:29

PSA autonomiza área da mobilidade na empresa Free2Move
07-08-2020 16:11

CDS-PP anuncia mil novos militantes e desvaloriza desfiliação de advogado Borges Lemos
07-08-2020 15:47

Investidores privados retiram ouro de Hong Kong
07-08-2020 15:17

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco