Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Ferro diz que voto no domingo é um ato de resistência contra o vírus
21/01/2021 07:19

Estas posições são transmitidas por Ferro Rodrigues numa mensagem vídeo que hoje dirige aos eleitores portugueses, fazendo-lhes um veemente apelo no sentido de que votem nas eleições presidenciais.

"Votar é uma obrigação indeclinável que as circunstâncias atuais não tornam impeditiva, como pudemos verificar no passado domingo, com a alta participação de quem exerceu antecipadamente o seu voto. Votar é uma das formas de defender a República e a democracia. Votar é também uma forma de resistência", sustenta.

Uma resistência, segundo o presidente da Assembleia da República, "contra o vírus e o medo, e contra os que deles se querem aproveitar".

Falando "em nome da assembleia representativa de todos os cidadãos portugueses, dotada de competências políticas, legislativas e de fiscalização", Ferro Rodrigues vinca logo no início da sua mensagem que o Presidente da República "representa a República Portuguesa, garante a independência nacional, a unidade do Estado e o regular funcionamento das instituições democráticas ", sendo, "por inerência, comandante supremo das Forças Armadas".

Ferro Rodrigues refere em seguida que, em democracia, os cidadãos são convocados, a intervalos regulares, para escolher os respetivos representantes através do voto, daí derivando a sua legitimidade.

"Votar é um direito, mas é também um dever cívico, assente numa cidadania ativa e responsável, e cuja manifestação nos une enquanto comunidade nacional, independentemente de em quem escolhemos votar", observa, antes de abordar a questão da atual situação epidemiológica complexa de Portugal.

"Presentemente enfrentamos uma pandemia, que se tem revelado devastadora a vários níveis, e encontramo-nos submetidos a um estado de emergência que nos impõe um dever cívico de recolhimento", aponta.

O presidente da Assembleia da República refere que, na atual conjuntura de crise sanitária, "algumas vozes sugeriram que o ato eleitoral fosse, por isso, adiado, o que não é possível nos termos constitucionais".

"Nem esta circunstância pode ser alterada, visto estarmos confrontados, desde logo, com a proibição constitucional de praticar atos de revisão constitucional na vigência de um estado de emergência. E adiar para quando?", questiona igualmente.

De acordo com o antigo secretário-geral do PS, "face à evolução da pandemia, esse adiamento teria de ser para uma data indefinida, certamente longínqua, o que não é compreensível, nem mesmo admissível em democracia",

Por outro lado, de acordo com Ferro Rodrigues, se não foi admitida nunca a suspensão do funcionamento pleno da Assembleia da República como órgão de soberania, "muito menos" se poderia admitir a suspensão de quaisquer atos eleitorais.

"Enquanto presidente da Assembleia da República, e em nome desta, apelo a que, no próximo domingo, as portuguesas e os portugueses exerçam o seu direito de voto, respeitando as regras sanitárias em vigor", acrescenta.

Mota-Engil propõe reduzir deliberações que precisam de aprovação de 70,01% dos acionistas
26/02/2021 23:01

TAP: Tripulantes aprovam acordo de emergência na companhia
26/02/2021 22:23

Em 53 países, Portugal é dos piores sítios onde se estar na era covid-19
26/02/2021 21:52

DBRS mantém rating de Portugal três níveis acima de lixo
26/02/2021 21:18

Dow e S&P 500 caem e Nasdaq recupera. Mas o mês foi positivo para todos
26/02/2021 21:13

Sem Félix nem "Champions", lucros da Benfica SAD caem 92% no primeiro semestre
26/02/2021 21:02

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP
26/02/2021 20:38

Cellnex: "Portugal é estratégico"
26/02/2021 20:27

EUA mostram abertura para tributação de tecnológicas, diz ministro italiano
26/02/2021 19:47

CDS-PP recebeu com "alegria e entusiasmo" candidatura de Moedas a Lisboa
26/02/2021 19:25

Corrida a carteira de hotéis de 1.400 milhões entra em fase decisiva
26/02/2021 19:09

Jerónimo Martis compra 66,68% da marroquina Mediterranean Aquafarm
26/02/2021 18:18

Governo apresenta plano de desconfinamento a 11 de março
26/02/2021 17:59

Governo mantém restrições porque "situação apesar de melhor ainda é má"
26/02/2021 17:51

Estacionamento continua gratuito em Lisboa enquanto houver confinamento
26/02/2021 17:15

Queda de 4% da Galp penaliza última sessão do mês do PSI-20
26/02/2021 16:43

Fevereiro foi o terceiro pior mês em bolsa na história da EDP Renováveis
26/02/2021 16:41

Tribunal de Contas dá luz verde ao contrato de serviço público da Transtejo
26/02/2021 16:11

Moedas eletrónicas passam a ser fator de risco de branqueamento de capitais
26/02/2021 15:39

Farfetch prepara passo na China com finanças "bastante saudáveis"
26/02/2021 15:05

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco