Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Governo reconhece que Metro de Lisboa precisa de mais trabalhadores
28/05/2022 15:13

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, admitiu este sábado que o Metropolitano de Lisboa precisa de mais trabalhadores e disse que até ao final do mês de junho serão iniciados os procedimentos para essas contratações.

Numa visita ao estaleiro das obras de expansão da rede de metro de Lisboa, no troço compreendido entre o Rato e a Estrela, Duarte Cordeiro disse ter "plena consciência" de que é preciso reforçar o número de trabalhadores da empresa Metropolitano de Lisboa de modo a garantir, não só a oferta atual, mas também o aumento expectável na sequência da expansão da rede.

Em causa, salientou, está a expansão do metro na linha circular, que une as Linhas Amarela e Verde - Rato/Cais do Sodré, mas também a expansão da Linha Vermelha, que já está em discussão pública, e o que venha a ser o reforço entre Loures e Odivelas.

"É inevitável o aumento dos recursos humanos, nomeadamente de maquinistas no metro, e nós sabemos que temos de o fazer", disse o ministro, em declarações aos jornalistas, no final da visita, que incluiu fazer a pé o trajeto pelo túnel entre a Estrela e o Rato, no caso até ao Liceu Pedro Nunes.

De acordo com o governante, da parte dos sindicatos há pedidos para um reforço imediato de 30 maquinistas e Duarte Cordeiro garantiu estar a "trabalhar para durante este semestre poder confirmar o reforço dos trabalhadores e fazer o que é a necessária progressão interna para a carreira de maquinista".

O ministro explicou que os trabalhadores que venham a ser contratados não entram no imediato para a função de maquinista e que há também a possibilidade de ser aberto concurso interno dentro do Metro de Lisboa especificamente para essa função.

"Procuraremos no primeiro semestre deste ano dar nota de qual é o prazo em que vamos abrir esses concursos", acrescentou.

Duarte Cordeiro frisou que irá "procurar contabilizar o que são no imediato medidas que permitam melhorar as condições de trabalho e ao mesmo tempo desbloquear aquilo que é a greve ao trabalho suplementar, que também afeta aquilo que é a atividade do metropolitano de Lisboa".

Segundo o ministro, esse trabalho vai continuar a ser feito "durante esta semana" e Duarte Cordeiro disse acreditar que é possível "chegar a bom porto" nas negociações com os sindicatos.

"Há consciência de que são necessárias tomar medidas, por um lado, algumas de natureza operacional que melhorem as condições de trabalho dos trabalhadores, por outro lado medidas que permitam reforçar os trabalhadores do metro de Lisboa, reforço esse que será inevitável, para o qual estamos a trabalhar e que esperamos em muito breve prazo dar resposta", apontou.

Com isto, Duarte Cordeiro espera que seja possível "desconvocar as greves ao período suplementar" e "minimizar o impacto na vida das pessoas e continuar a recuperar os passageiros para o período antes da pandemia".

Na sessão de ponto de situação sobre o andamento das obras, onde foi assinado o auto de consignação relativo ao Lote 2, que formaliza o arranque da empreitada entre a estação Santos e o término da estação Cais do Sodré, o ministro aproveitou para defender que "a transição para uma economia hipocarbónica, o cerne da política ambiental atual, é benéfica para o crescimento".

"Defender o ambiente, descarbonizar permite criar emprego qualificado, permite compatibilizar com o crescimento demográfico, garante maior dispersão na ocupação do território. Podemos mesmo dizer que descarbonizar nos dias de hoje é bom para a economia", defendeu o governante.

O presidente do conselho de administração do Metro de Lisboa destacou que a empreitada em curso "é difícil e complexa", mas disse acreditar que "vai certamente aumentar a qualidade de vida de todos".

"Certamente que quando iniciarmos a operação da linha circular todos irão reconhecer as mais-valias e os benefícios desta linha para a área metropolitana de Lisboa", defendeu Vitor Domingues dos Santos.

Para as obras da Linha Circular está previsto um investimento de 240,2 milhões de euros, cofinanciado em 137,2 milhões de euros pelo Fundo Ambiental e em 103 milhões de euros pelo Fundo de Coesão, através do POSEUR (Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos).

Presidente da FLAD vê mais investimento dos EUA a vir para Portugal
01/07/2022 11:07

Operação Marquês: Sócrates sujeito a apresentações quinzenais na esquadra
01/07/2022 10:25

Inflação na Zona Euro bate os 8,6% em junho, mais meio ponto percentual que em maio
01/07/2022 10:08

Segurança Social recebe 3.300 queixas por ano desde 2019
01/07/2022 10:01

Fisco realizou 22.098 ações de verificação e 23% visaram particulares
01/07/2022 09:23

União Europeia avança com regulamentação sobre transações de moedas digitais
01/07/2022 09:21

Governo retira 28,2 cêntimos ao gasóleo e 32,1 cêntimos à gasolina até agosto
01/07/2022 09:05

Lisboa com terceira perda diária consecutiva. REN lidera as quedas
01/07/2022 08:24

5 coisas que precisa de saber para começar o dia
01/07/2022 07:30

Mayday, um desastre na governação
01/07/2022 07:01

Regulador financeiro dos EUA reclama 1,7 mil milhões de dólares a fundo de moedas digitais
01/07/2022 01:39

Paulo Fernandes investe 1,18 milhões em direitos de subscrição para aumento de capital da Greenvolt
01/07/2022 01:22

FMI revê em alta crescimento do PIB português para 5,8%, mas também inflação
30/06/2022 22:06

Wall Street fecha pior semestre desde Nixon. Ações da Tesla com pior trimestre de sempre
30/06/2022 21:50

BES/GES: Passos Coelho ouvido em tribunal durante cerca de duas horas
30/06/2022 20:44

Marcelo "cola" Costa a Pedro Nuno Santos
30/06/2022 20:22

CMVM: Apesar do "crash" cripto reclamações dos investidores portugueses são "muito diminutas"
30/06/2022 19:03

"Está corrigido o erro, é seguir em frente", reage Costa
30/06/2022 17:59

Incentivos e requalificação fundamentais para acelerar ritmo
30/06/2022 17:53

Pedro Morais Leitão nomeado CEO da dona da TVI
30/06/2022 17:43

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco