Este website utiliza cookies (identificadores de sessão) para ter uma melhor experiência de navegação, utilização e para personalizar o conteúdo e anúncios disponibilizados. Clique aqui para obter mais informação sobre a utilização dos cookies e alterar os parâmetros de gestão de cookies.

Cookies Essenciais

  • Essenciais

  • Analíticos

  • Funcionalidade

  • Remarketing

Cookies Essenciais

São necessárias para otimizar a navegação e aceder a certas áreas e funcionalidades do website (acesso a áreas seguras do website através de um início de sessão). Estes Cookies estão sempre ativados.

Estes Cookies estão sempre Activos

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

S&P 500 perto de mínimos de novembro de 2020
29/09/2022 21:42

Wall Street terminou a sessão da mesma forma que começou: em terreno negativo.

Os investidores estiveram a digerir os discursos "hawkish" de membros da Reserva Federal norte-americana, assim como os números do desemprego e do PIB.

O industrial Dow Jones desvalorizou 1,54% para 29.226,34 pontos, enquanto o S&P 500 deslizou 2,11% para 3.640,64 pontos, estando perto de renovar mínimos de novembro de 2020.

Por sua vez, o tecnológico Nasdaq Composite caiu 2,84% para 10.737, 51 pontos, perto de renovar mínimos de junho.

Entre os principais movimentos de mercado, destacam-se as tecnológicas, com a Tesla, Apple e Nvidia a registarem perdas de mais de 5%.

Destaque ainda para a Meta, que caiu 3,67% pressionada pelo anúncio do CEO, Mark Zuckerberg. A empresa vai congelar novas contratações e reestruturar equipas.

Durante a sessão os investidores estiveram a digerir o número de pedidos de subsídio de desemprego caiu na semana passada para 193 mil. No total foram menos 16 mil requerimentos face à semana anterior, segundo os dados apresentados esta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho.

O mercado de trabalho mantém-se resiliente, apesar da política monetária da Reserva Federal norte-americana, dando fundamento à Fed para que se mantenha fiel ao seu percurso no combate à inflação, sem colocar em causa o segundo elemento do duplo mandado: o pleno emprego.

Na última reunião, na semana passada - quando o banco central subiu a taxa de juro de referência em 75 pontos base - a Fed reviu em alta as projeções para a taxa de desemprego deste ano de 3,7% para 3,8%, tendo ainda aumentado a estimativa para 2023 para 4,4% em relação aos 3,9% previstos no último encontro em junho.

Durante a sessão o mercado irá ainda digerir mais um indicador de alta frequência. O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA sofreu queda de 0,6% em termos anualizados no segundo trimestre, de acordo com a informação divulgada antes da sessão pelo Departamento do Comércio. No primeiro trimestre o PIB encolheu 1,6%.

Os últimos dados do Departamento do Comércio confirmam assim que os EUA entraram em recessão técnica segundo os padrões internacionais. O número fica ainda abaixo dos 0,9% avançados na leitura provisória sobre o mesmo período divulgada em julho.

O dia foi ainda marcado pelas palavras do presidente da Fed de St Louis, James Bullard, sublinhou esta quinta-feira que "o Comité de Mercado Aberto [FMOC] parece estar à espera de mais aumentos este ano". Bullard afirmou ainda que acredita que os mercados "fizeram a interpretação correta" do "dot plot" da Fed no sentido de haver mais aumentos da taxa de fundos federais.

Já Loretta Mester, líder do banco central em Cleveland, considerou que os juros diretores "ainda estão em terreno positivo" e não restritivo, sendo por isso possível mais aumentos.

Rússia não aceitará teto máximo para preço do petróleo
03/12/2022 15:05

Empresas são unânimes: a Black Friday este ano bateu recordes
03/12/2022 14:00

Morreu Jill Jolliffe, jornalista que testemunhou invasão indonésia de Timor
03/12/2022 12:47

Endividamento com garantias do Estado coloca em perigo setor financeiro de Itália
03/12/2022 12:00

Clientes da EDP passam a ter contratos de três meses
03/12/2022 11:06

Presidente francês pede reforço de moderação de conteúdos no Twitter
03/12/2022 10:47

SMS cada vez mais usados como garante de cibersegurança
03/12/2022 09:57

Sonangol anuncia emissão obrigacionista de 150 milhões de dólares
03/12/2022 09:32

EUA preveem que PIB russo fique abaixo de níveis pré-guerra até 2030
02/12/2022 22:39

Dados do emprego trocam as voltas a Wall Street. Sessão fechou mista
02/12/2022 21:28

Investimento previsto no Fórum Oeiras quase duplica e representa agora 55 milhões de euros
02/12/2022 21:05

Grupo Manuel Champalimaud compra negócio de plásticos para automóvel da Novares
02/12/2022 19:44

Comissão Europeia aprova programa Mar 2030
02/12/2022 19:13

Fintech Shield arrecada 20 milhões e quer reforçar presença em Portugal
02/12/2022 19:03

Passes e bilhetes da Carris Metropolitana sem aumentos em 2023 na região de Lisboa
02/12/2022 18:25

Vendas automóveis crescem 24% em novembro. Acumulado já supera 2021
02/12/2022 18:10

Portugal perde e coloca Coreia do Sul nos oitavos do Mundial
02/12/2022 17:09

UE acorda limite máximo de 60 dólares ao petróleo russo
02/12/2022 16:56

Britânica Ardonagh conclui compra do grupo MDS. Sonae encaixa 104 milhões
02/12/2022 16:55

Rússia disponível para conversações, mas quer regiões anexadas reconhecidas
02/12/2022 16:20

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco