Este website utiliza cookies (identificadores de sessão) para ter uma melhor experiência de navegação, utilização e para personalizar o conteúdo e anúncios disponibilizados. Clique aqui para obter mais informação sobre a utilização dos cookies e alterar os parâmetros de gestão de cookies.

Cookies Essenciais

  • Essenciais

  • Analíticos

  • Funcionalidade

  • Remarketing

Cookies Essenciais

São necessárias para otimizar a navegação e aceder a certas áreas e funcionalidades do website (acesso a áreas seguras do website através de um início de sessão). Estes Cookies estão sempre ativados.

Estes Cookies estão sempre Activos

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Central a carvão no Brasil da EDP emite 292 milhões em dívida a 5 anos
29/09/2022 22:11

A Porto do Pecém Geração de Energia, subsidiária da EDP Brasil, realizou a primeira emissão de papel comercial sem garantia do braço brasileiro da EDP, no valor de 292 milhões, com prestações mensais até à data de maturidade em julho de 2027, informou a empresa em comunicado à CMVM.

 

O objetivo da emissão é realizar o pagamento antecipado da dívida com o Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social – BNDES, no montante aproximado 91,5 milhões de euros e distribuir o restante ao acionista, EDP Brasil (detida a 57,55% pela EDP).

 

"Esta reestruturação financeira permite no curto prazo cristalizar uma parte significativa do valor do Contrato de Aquisição de Energia (PPA) de Pecém até 2027, a ser reinvestido no crescimento de redes de eletricidade e projetos solares no Brasil, criando ao mesmo tempo opções com vista ao cumprimento do objetivo de eliminar a atividade de carvão do mix de receitas do Grupo EDP no horizonte do plano estratégico 2021-2025", sublinha o comunicado.

 

Pecém é uma central térmica a carvão no estado do Ceará, com capacidade instalada de 720 MW, contribuindo para a segurança de abastecimento do sistema elétrico brasileiro, nomeadamente em períodos de seca como o que se verificou em 2021.

 

A central de Pecém detém PPA em vigor até julho de 2027, que representam um perfil de receitas estáveis atualizadas à inflação e ajustadas aos níveis de disponibilidade. O contrato de autorização da central está em vigor até janeiro de 2044, informa a empresa.

Rússia não aceitará teto máximo para preço do petróleo
03/12/2022 15:05

Empresas são unânimes: a Black Friday este ano bateu recordes
03/12/2022 14:00

Morreu Jill Jolliffe, jornalista que testemunhou invasão indonésia de Timor
03/12/2022 12:47

Endividamento com garantias do Estado coloca em perigo setor financeiro de Itália
03/12/2022 12:00

Clientes da EDP passam a ter contratos de três meses
03/12/2022 11:06

Presidente francês pede reforço de moderação de conteúdos no Twitter
03/12/2022 10:47

SMS cada vez mais usados como garante de cibersegurança
03/12/2022 09:57

Sonangol anuncia emissão obrigacionista de 150 milhões de dólares
03/12/2022 09:32

EUA preveem que PIB russo fique abaixo de níveis pré-guerra até 2030
02/12/2022 22:39

Dados do emprego trocam as voltas a Wall Street. Sessão fechou mista
02/12/2022 21:28

Investimento previsto no Fórum Oeiras quase duplica e representa agora 55 milhões de euros
02/12/2022 21:05

Grupo Manuel Champalimaud compra negócio de plásticos para automóvel da Novares
02/12/2022 19:44

Comissão Europeia aprova programa Mar 2030
02/12/2022 19:13

Fintech Shield arrecada 20 milhões e quer reforçar presença em Portugal
02/12/2022 19:03

Passes e bilhetes da Carris Metropolitana sem aumentos em 2023 na região de Lisboa
02/12/2022 18:25

Vendas automóveis crescem 24% em novembro. Acumulado já supera 2021
02/12/2022 18:10

Portugal perde e coloca Coreia do Sul nos oitavos do Mundial
02/12/2022 17:09

UE acorda limite máximo de 60 dólares ao petróleo russo
02/12/2022 16:56

Britânica Ardonagh conclui compra do grupo MDS. Sonae encaixa 104 milhões
02/12/2022 16:55

Rússia disponível para conversações, mas quer regiões anexadas reconhecidas
02/12/2022 16:20

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco