Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

Fale Connosco

BiG Power Trade

A presente informação pretende alertar para os riscos e os aspectos mais significativos inerentes à negociação na plataforma BiG Power Trade. Em todo o caso, é impossível fazer menção a todos os riscos envolvidos na negociação deste tipo de instrumentos financeiros. O BiG recomenda a todos os investidores que não iniciem a sua negociação sem antes terem compreendido os reais riscos envolvidos na negociação destes activos. A negociação nesta plataforma não é apropriada para todos os investidores. Não obstante a avaliação de adequação de determinados investimentos em instrumentos financeiros ou serviços de investimento efectuados pelo BiG, o investidor deverá sempre avaliar se o investimento está adequado à sua experiência, objectivos, património disponível e outras circunstâncias relevantes.

O efeito de alavancagem permite ao investidor, caso pretenda, obter uma exposição muito superior ao valor do seu capital. O montante da margem requerida é pequeno comparativamente com o valor de exposição real. Todavia, deverá ter em consideração, que a alavancagem financeira potencia não só os ganhos, mas também as perdas, elevando, desta forma, o risco.

O investimento com alavancagem acarreta um elevado risco. Caso o mercado evolua desfavoravelmente face às posições assumidas ou caso sejam elevadas as margens requeridas, o investidor poderá ter que, num curto intervalo de tempo, ser chamado a repor margem sob pena das suas posições serem executadas.

O investidor deve acompanhar atentamente a evolução das suas posições. É aconselhável que o investidor determine a priori, o montante de capital que pode colocar em risco com o seu investimento. Caso esse nível seja atingido, o investidor é aconselhado a não ignorar esse nível e fechar de imediato a sua posição. Sempre que possível, o investidor deve negociar com limites estabelecidos.

Os termos e condições da plataforma estão disponíveis no site do BiG. Antes de iniciar a negociação, o investidor deve ler atentamente todas as instruções e informação disponibilizada no site, bem como esclarecer qualquer eventual dúvida que possa ter. O Serviço de Apoio ao Cliente prestará todas as informações relevantes para o esclarecimento de qualquer questão bem como atender a uma eventual reclamação. O investidor tem ainda a possibilidade de reclamação junto da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O funcionamento da plataforma tem um período de negociação estabelecido. Fora desses períodos, o investidor não terá possibilidade de intervir acrescendo desta forma o risco a que está exposto. O investidor deve manter-se a todo o momento informado sobre os períodos de negociação praticados no BiG.

Grande parte do suporte às transacções electrónicas é efectuado por sistemas informáticos que apoiam entre outras tarefas, o envio, execução, registo e liquidação de ordens. Como qualquer sistema, é vulnerável a falhas que podem provocar temporariamente a inibição de negociação. Para esses casos, existem canais e sistemas alternativos que podem não garantir o desejável nível de disponibilidade. O investidor terá que estar preparado para assumir estes riscos.

O investidor deve informar-se antes de iniciar a negociação do montante de comissões, impostos e outros eventuais encargos que deverá suportar. O total de encargos pode ter um impacto negativo na rentabilidade de uma operação.

Os CFDs são na Europa regulamentados pela Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados (ESMA). Por esta autoridade foram tomadas algumas medidas para dar resposta às preocupações em matéria de protecção dos investidores, decorrentes da comercialização, distribuição ou venda de CFDs a investidores de retalho. Estas medidas variam significativamente e incluem, a introdução de determinados limites de alavancagem e um requisito para assegurar a protecção de saldos negativos. Para mais informações sobre estas medidas, estas podem ser consultadas em https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:32018X0601(02)&from=PT.

O BiG na qualidade de contraparte do cliente toma todas as diligências necessárias por forma a limitar a perda do investidor de retalho ao montante investido nos termos previstos na legislação em vigor.

Para mais informações consultar as FAQ’s da CMVM em: https://www.cmvm.pt/pt/Cooperacao/esma/DocumentosESMACESR/Documents/Product%20Intervention%20-%20FAQs_20180327.pdf.

Produtos de Investimento de Retalho e de Produtos de Investimento com base em seguros (PRIIPs).

  • Produtor do PRIIP – Interactive Brokers LLC e Interactive Brokers UK Limited

  • Comercializador do PRIIP – Banco de Investimento Global, S.A

  • Entidade responsável pela Publicidade - Banco de Investimento Global, S.A

  • Este produto não é simples e a sua compreensão poderá ser difícil.

  • Pode implicar a perda súbita da totalidade ou de mais do que o capital investido

O produto apresenta um risco substancial de liquidez no caso de transação em mercado de balcão.

O risco pode variar significativamente em caso de venda antecipada, podendo ser recebido um valor inferior.

Para mais informações sobre o Perfil de Risco e de Remuneração do PRIIP, consulte por favor Documento de Informação Fundamental (DIF), disponível em BiG.pt e nas páginas dos produtos da Entidade Emitente.

ADVERTÊNCIAS DE RISCO ESPECÍFICAS AO INVESTIDOR

  • Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem.

  • 64% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este fornecedor.

  • Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Pesquisa de títulos