Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Facebook descarta plano para criar nova classe de acções
23/09/2017 01:11

O CEO da empresa que gere a rede social Facebook [a Facebook Inc.], Mark Zuckerberg, disse que está preparado para financiar os seus projectos filantrópicos sem criar uma nova classe de acções – um plano que tinha sido duramente criticado pelos accionistas e que levou a que os mesmos intentassem uma acção judicial para que o projecto não fosse em frente.
 
Zuckerberg deveria falar em defesa deste plano, na próxima terça-feira, mas, com esta decisão, isso já não acontecerá, refere a Bloomberg.
 
"Ao longo do último ano e meio, o negócio Facebook teve um bom desempenho e o valor accionista cresceu até um patamar em que posso financiar totalmente o nosso projecto filantrópico e reter o controlo dos direitos de voto da Facebook Inc. durante 20 anos ou mais", declarou o co-fundador da rede social numa mensagem na sua página da rede social.
 
Ou seja, Zuckerberg vai conseguir cumprir a promessa de doar parte da sua fortuna a causas de beneficência e manter, ao mesmo tempo, o controlo da empresa que criou, sublinha a Reuters.
 
"Solicitei à administração da empresa que retirasse a proposta de reclassificar as nossas acções – e o ‘board’ aceitou", rematou o CEO.
Recorde-se que a 1 de Dezembro de 2015 Zuckerberg e a sua esposa, a pediatra Priscilla Chan, comprometeram-se a doar 99% das suas acções do Facebook para a filantropia. Zuckerberg fez o anúncio numa carta à sua filha, Max, nascida uma semana antes e apresentada naquele dia ao mundo numa foto com os pais, num "post" no Facebook. E nessa carta dizia-lhe que os seus pais lhe desejavam um mundo melhor, para ela e para toda a sua geração, explicando como pensavam fazer por isso.Para avançarem com esta ideia, o fundador da rede social e Priscilla Chan criaram a Chan Zuckerberg Initiative, que replica grandemente as doações que o casal tem feito ao longo dos anos – direccionadas para o ensino personalizado, a cura de doenças e a ligação entre as pessoas via Internet – e que se destina a gerir o dinheiro.As acções da dona da popular rede social encerraram a sessão desta sexta-feira a ceder 0,33% para 170,54 dólares.

Facebook descarta plano para criar nova classe de acções
23/09/2017 01:11

Mello Saúde emite 50 milhões de euros em dívida com juro de 4%
22/09/2017 19:58

Inapa com lucro de 500 mil euros nos primeiros seis meses do ano
22/09/2017 17:27

Novo A330neo da TAP só chega em Julho de 2018
22/09/2017 17:27

Bolsa nacional fecha semana em alta com Galp a impulsionar
22/09/2017 16:41

Marcelo pede "bom senso" no uso de défice "muito bom"
22/09/2017 16:20

Costa: Últimos trimestres devem ser vistos como início de "uma década de crescimento"
22/09/2017 15:56

Mutualistas do Montepio entram em parceria estratégica com grupo chinês
22/09/2017 15:12

Investidores afastam-se de Wall Street à procura de activos-refúgio
22/09/2017 14:40

Reembolsos de IRS impedem nova queda da poupança dos portugueses
22/09/2017 14:09

Jerónimo vê no défice razões para mais direitos e rendimentos
22/09/2017 13:20

Passos destaca revisão em alta do crescimento de 2015
22/09/2017 13:16

Navigator reduz capital social em 217,5 milhões de euros
22/09/2017 13:16

Ryanair: Em que casos não tenho direito à indemnização?
22/09/2017 13:09

Pedrógão Grande: PJ deverá acusar Protecção Civil, GNR e Ascendi
22/09/2017 12:56

INE em braço-de-ferro com Eurostat não chega a acordo sobre efeito da CGD no défice
22/09/2017 12:23

Catarina Martins aceita descongelamento de carreiras faseado, mas só em dois anos
22/09/2017 12:23

Trump: Kim Jong-un é "louco" e "vai ser posto à prova como nunca antes"
22/09/2017 12:11

Finanças: sem factores temporários, défice está em 1,3% do PIB
22/09/2017 11:56

Espera um aumento salarial? Os bancos não podem dar crédito só com essa expectativa
22/09/2017 11:31

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco