ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Código do Trabalho: Patrões manifestam ?profunda desilusão? com decisão de Marcelo
22/03/2023 17:35

O Conselho Nacional das Confederações Patronais manifesta "profunda desilusão" com a decisão do Presidente da República, que decidiu promulgar as alterações ao Código do Trabalho.

Marcelo Rebelo de Sousa podia ter enviado os diplomas da chamada "agenda do trabalho digno" para o Tribunal Constitucional, mas não terá ficado convencido com os argumentos dos patrões.

Em comunicado, o Conselho Nacional das Confederações Patronais (CNCP), que junta cinco confederações, manifesta uma "profunda desilusão" com a decisão. "Além de uma profunda desilusão com esta decisão e posição do Senhor Presidente da República e após a aprovação pela maioria do Partido Socialista na Assembleia da República desta medidas, o CNCP está seriamente preocupado com os efeitos negativos para a vida das empresas que irão surgir, tanto a curto como a médio prazo, em particular numa altura tão desafiante e vulnerável para as empresas como aquela que enfrentamos".

 

O Conselho que reúne as confederações dos Agricultores (CAP), do Comércio e Serviços (CCP), Empresarial (CIP), da Construção e do Imobiliário (CPCI) e do Turismo (CTP) sublinha no entanto que Marcelo Rebelo de Sousa falou de alterações com efeito contrário ao que se pretende.

 

"A afirmação do Senhor Presidente da República de que estas alterações terão no mercado de trabalho um efeito contrário ao pretendido pelos legisladores vai de encontro aos avisos enviados pelo CNCP ao próprio Presidente da República, ao Governo e aos partidos com assento parlamentar", lê-se no comunicado.

 

Na mensagem onde justificou a promulgação o Presidente disse que há medidas que se afastam do acordo com os parceiros sociais, e falou de medidas com efeito contrário ao que se pretende. Também referiu que há medidas positivas e lembrou que os diplomas passaram com a abstenção do PSD.

Em causa estão vários diplomas com várias medidas, como aqui explicamos.

As alterações ao Código do Trabalho criam por exemplo uma presunção de laboralidade específica para os trabalhadores das plataformas digitais (Uber, Bolt, Glovo), proíbem o recurso ao 'outsourcing' para funções desempenhadas por um trabalhador despedido até doze meses antes, aumentam as compensações por despedimento (de 12 para 14 dias), suspendem os descontos das empresas para o Fundo de Compensação do Trabalho, criam novas restrições ao trabalho temporário e a termo, tornam nulas as declarações através das quais os trabalhadores habitualmente prescindem de créditos salariais e criminalizam o trabalho não declarado, incluindo o trabalho doméstico.

Marques Mendes: "Nuno Rebelo de Sousa, com este silêncio, está também a prejudicar o pai"
23/06/2024 21:26

Marcelo defende que fugas ao segredo de justiça são ponto importante na reforma do setor
23/06/2024 21:01

Pedro Nuno considera absurda ideia do PSD de haver aliança entre PS e Chega
23/06/2024 20:55

A sua semana dia a dia: resultados da Greenvolt, dividendo da Glintt e depósitos
23/06/2024 19:00

CEO da Engie alerta contra saída de França do mercado europeu da energia. Há "risco de blackout"
23/06/2024 17:13

Negócios Record: "A centralização dos direitos é essencial para um futebol português mais forte"
23/06/2024 16:00

Scholz recebe Milei para falar da reforma argentina e do seu impacto na população
23/06/2024 15:32

Montenegro deixa recado a PS e Chega: "Preocupem-se menos em juntarem-se um com o outro, juntem-se a
23/06/2024 14:17

Corte de energia no aeroporto de Manchester cancela voos e provoca longas filas
23/06/2024 13:07

Livre pede reuniões a PS, BE, PCP e PAN para discutir próximos desafios políticos
23/06/2024 12:23

Livre pede reuniões a PS, BE, PCP e PAN para discutir próximos desafios políticos
23/06/2024 12:23

Paula Franco: Fisco tem de manter atendimento ?olhos nos olhos?
23/06/2024 11:11

Sondagem do FT indica que franceses confiam mais no partido de Le Pen para a economia
23/06/2024 11:08

Ministro da Economia alemão foi à China pedir ao país que se desligue do carvão
23/06/2024 10:50

Estado quis isenção de custas em processo contra a EDP. Supremo rejeitou
23/06/2024 10:05

Metalurgia defende controlo de Bruxelas à importação de produtos acabados
23/06/2024 09:32

Paula Franco: IRS deve continuar a descer no próximo Orçamento do Estado
22/06/2024 21:00

Euro2024: Portugal nos 'oitavos' como vencedor do Grupo F ao bater Turquia
22/06/2024 18:55

Morreu o presidente da administração do Metro de Lisboa, Vitor Domingues dos Santos
22/06/2024 16:37

IL debate estatutos e programa político em convenção não eletiva de 5 a 7 de julho
22/06/2024 15:54

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco