ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Grande comércio vendeu mais 10,5% no ano passado
04/12/2023 13:25

O volume de negócios das unidades comerciais "de dimensão relevante" subiu 10,5% em termos homólogos no ano passado (contra 5% no ano anterior). E 11% face a 2019, embora com menos transações e emprego face ao pré-pandemia, revelam os dados divulgados esta segunda-feira pelo INE.

Por unidade comercial de dimensão relevante o INE entende, simplificadamente, o estabelecimento da mesma empresa ou grupo de empresas, com uma área de exposição e vendas não inferior a 2 mil metros quadrados, ou pertencentes a grupo com dimensão superior. Em causa estão 3.668 estabelecimentos.

Face a 2019, período pré-pandemia, "verificou-se uma recuperação no número de estabelecimentos (+1,6%), no volume de negócios (+11,0%) e no volume de vendas (+11,2%) destas unidades". Contudo, "quer o pessoal ao serviço quer o número de transações mantiveram-se ainda, em 2022, em níveis inferiores aos registados em 2019 (-1,7% e -0,8%, respetivamente)", descreve o INE.

Em 2022, o pessoal (122,4 mil trabalhadores) aumentou 0,7%, abrandando face ao ano precedente (+2,7% em 2021). O volume de negócios (22,2 mil milhões de euros) cresceu 10,5% (a variação duplicou face aos 5% de 2021) e o número de transações (1,0 mil milhões) subiu 13,7% (+5,6% em 2021).

Retalho não alimentar cresceu mais no último ano

Nas unidades de retalho alimentar, as vendas cresceram 8,2% (+14,8% comparando com 2019) e nas unidades de retalho não alimentar aumentaram 16,3% (+3,7% comparando com 2019).

No retalho alimentar, as vendas dos produtos de marca própria representou 39,1% das vendas globais destas unidades em 2022 (37,9% em 2021), "a mais elevada proporção desde o início da série".

 

Medina aplaude subida de "rating". "Todos ficam mais protegidos dos atuais juros altos"
01/03/2024 22:01

S&P 500 e Nasdaq marcam novos recordes com ajuda da inteligência artificial
01/03/2024 21:19

S&P sobe "rating" de Portugal para clube do A
01/03/2024 21:04

MH-1: Portugal regressa ao espaço na segunda-feira a partir da Califórnia
01/03/2024 19:29

Rui Alpalhão: ?Não percebo a ideia de se acabar com as recessões?
01/03/2024 18:00

Número de operações na Caixa Geral de Depósitos cresceu em dia de greve
01/03/2024 17:52

Sonae emite 400 milhões de dívida a quatro anos para financiar OPA sobre Musti
01/03/2024 17:41

A bolha e as sete magníficas
01/03/2024 17:30

Vendas de automóveis crescem 17,5% até fevereiro e já superam 2019
01/03/2024 17:01

Lisboa estreia março no verde com impulso das energéticas
01/03/2024 16:49

A economia reagiu sem recessões severas e graves
01/03/2024 16:30

Stilwell: OPA à EDP Brasil "aconteceu no momento certo". Vai render 120 milhões em 2024
01/03/2024 16:01

Bancos centrais com resultados negativos
01/03/2024 15:30

Gasóleo desce 1,5 cêntimos e gasolina sobe um cêntimo na próxima semana
01/03/2024 15:00

O papel da literacia financeira na vida
01/03/2024 14:30

A inovação no centro da transição para as energias renováveis
01/03/2024 14:00

PGR reitera evidência de um MP sob ataque e recusa continuar no cargo
01/03/2024 13:22

Quase 85% da Função Pública quer semana de quatro dias. Dirigentes discordam mais
01/03/2024 13:00

Só Itália e Espanha produzem mais tomates que Portugal na UE
01/03/2024 12:43

Guerra de números na greve da Caixa Geral de Depósitos
01/03/2024 11:58

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco