ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Combustíveis fósseis: França chocada com a OPEP, Espanha denuncia posição ?repugnante?
09/12/2023 11:51

A França manifestou-se hoje chocada com o apelo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) aos Estados membros para rejeitarem um acordo sobre combustíveis fósseis na COP28.

 

"Estou chocada com estas declarações da OPEP", reagiu a ministra da Transição Energética, Agnès Pannier-Runacher, citada pela agência francesa AFP.

 

Pannier-Runacher referiu que os combustíveis fósseis são responsáveis por mais de 75% das emissões de dióxido de carbono (CO2), defendendo que devem ser abandonados para limitar o aquecimento global a 1,5 graus Celsius.

 

"A posição da OPEP põe em causa os países mais vulneráveis e as populações mais pobres, que são as primeiras vítimas desta situação", afirmou, a partir do Dubai, onde decorre a COP28, sob presidência dos Emirados Árabes Unidos.

 

A ministra francesa disse contar com a presidência da COP "para não se deixar impressionar" e apresentar um acordo que "afirme um objetivo claro de abandono dos combustíveis fósseis".

A 28.ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2023, mais conhecida por COP28, está a decorrer desde 30 de novembro no Dubai, e termina na terça-feira, dia 12.

 

Numa carta datada de quarta-feira, consultada pela AFP, o secretário-geral da OPEP, Haitham al-Ghais, pediu aos membros da organização que rejeitassem "proativamente qualquer posição contra os combustíveis fósseis".

 

A carta é dirigida aos 13 membros da OPEP, incluindo o Iraque, o Irão, os Emirados Árabes Unidos e a Arábia Saudita, que tem estado na vanguarda da oposição ao abandono dos combustíveis fósseis.

 

A carta é igualmente endereçada aos 10 países associados, como o México, o Azerbaijão, a Rússia e a Malásia, que estarão presentes no Dubai.

 

A ministra da Transição Ecológica de Espanha, país que exerce a presidência rotativa do Conselho da União Europeia, já tinha denunciado hoje a posição da OPEP.

 

"Penso que é bastante repugnante que os países da OPEP se oponham a colocar a fasquia onde ela deve estar" em matéria de clima, afirmou Teresa Ribera, no Dubai.

 

Ribera acrescentou que a UE se vai alinhar com outros parceiros para garantir "um resultado significativo e produtivo sobre a saída dos combustíveis fósseis".

 

 

 

 

Medina aplaude subida de "rating". "Todos ficam mais protegidos dos atuais juros altos"
01/03/2024 22:01

S&P 500 e Nasdaq marcam novos recordes com ajuda da inteligência artificial
01/03/2024 21:19

S&P sobe "rating" de Portugal para clube do A
01/03/2024 21:04

MH-1: Portugal regressa ao espaço na segunda-feira a partir da Califórnia
01/03/2024 19:29

Rui Alpalhão: ?Não percebo a ideia de se acabar com as recessões?
01/03/2024 18:00

Número de operações na Caixa Geral de Depósitos cresceu em dia de greve
01/03/2024 17:52

Sonae emite 400 milhões de dívida a quatro anos para financiar OPA sobre Musti
01/03/2024 17:41

A bolha e as sete magníficas
01/03/2024 17:30

Vendas de automóveis crescem 17,5% até fevereiro e já superam 2019
01/03/2024 17:01

Lisboa estreia março no verde com impulso das energéticas
01/03/2024 16:49

A economia reagiu sem recessões severas e graves
01/03/2024 16:30

Stilwell: OPA à EDP Brasil "aconteceu no momento certo". Vai render 120 milhões em 2024
01/03/2024 16:01

Bancos centrais com resultados negativos
01/03/2024 15:30

Gasóleo desce 1,5 cêntimos e gasolina sobe um cêntimo na próxima semana
01/03/2024 15:00

O papel da literacia financeira na vida
01/03/2024 14:30

A inovação no centro da transição para as energias renováveis
01/03/2024 14:00

PGR reitera evidência de um MP sob ataque e recusa continuar no cargo
01/03/2024 13:22

Quase 85% da Função Pública quer semana de quatro dias. Dirigentes discordam mais
01/03/2024 13:00

Só Itália e Espanha produzem mais tomates que Portugal na UE
01/03/2024 12:43

Guerra de números na greve da Caixa Geral de Depósitos
01/03/2024 11:58

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco