ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Bloco afirma que ?Governo toma Portugal por parvo? quanto à redução do IRS
13-04-2024 19:54

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), Mariana Mortágua, acusou hoje o primeiro-ministro, Luís Montenegro (PSD), de fabricar "um artifício" quanto à redução do IRS e afirmou que "o Governo toma Portugal por parvo".

"Luís Montenegro fabricou um artifício e ficou a assistir enquanto toda a gente se deixava enganar ou era enganado pelas notícias dos jornais. Luís Montenegro fez de parvos os jornalistas, os deputados. O Governo toma Portugal por parvo", declarou Mariana Mortágua, numa intervenção num comício do BE, em Lisboa. 

Intitulado "Abril é na Rua!", o comício do BE foi realizado a propósito das eleições europeias de 09 de junho, com a presença de cerca de duas centenas de pessoas.

Sem prestar declarações aos jornalistas, a coordenadora do BE abordou o programa do Governo [PSD/CDS-PP] na sua intervenção no final do comício, criticando a abordagem de modernidade, progresso e futuro como "três chavões", em que uma das medidas é "reduzir o IRC sobre os lucros, de 21 para 15%".

"Se baixarmos os impostos sobre os lucros, há mais investimento e a economia cresce", era, segundo Mariana Mortágua, uma das premissas do programa do Governo.

"Ao longo de toda, mas toda, a campanha, durante a tomada de posse, depois da discussão do programa do Governo, o primeiro-ministro e o PSD contrapuseram a esta medida da redução do IRC, de forma milionária para quem tem lucros milionários, uma suposta redução do IRS em 1.500 milhões de euros. Foram feitas capas de jornais com essa promessa. Foram feitas notícias televisivas com essa promessa e sabemos agora que essa promessa era falsa, que a suposta reforma do IRS não chega aos 200 milhões de euros", declarou.

A coordenadora do BE disse ainda que, entre todas as promessas de Montenegro, "as únicas que são para levar a sério são aquelas que a confederação dos patrões pôs no programa de Governo, são as únicas que interessam, são as únicas para cumprir".

Em causa está a redução do IRS prevista no programa do Governo, tendo o ministro das Finanças, Joaquim Miranda Sarmento, em entrevista à RTP na sexta-feira, clarificado que os 1.500 milhões de euros anunciados pelo primeiro-ministro, Luís Montenegro, afinal representam cerca de 200 milhões de euros, uma vez que não se vão somar aos mais de 1.300 milhões de euros de alívio fiscal inscritos no Orçamento do Estado para 2024 e já em vigor.

Dia Mundial da Abelha: Apicultores esperam um "ano bom" na produção de mel
20-05-2024 19:28

Novo provedor da Santa Casa diz conhecer desafios que instituição enfrenta
20-05-2024 18:55

Banco de Portugal foi 637 vezes ao mercado em 2023 para comprar dívida pública
20-05-2024 18:00

Estímulo chinês ao imobiliário foi insuficiente para erguer ações do setor
20-05-2024 17:05

Lisboa fecha sessão a valorizar. Mota-Engil sobe mais de 3%
20-05-2024 16:53

PS acusa PSD de "deslealdade parlamentar" e de bloquear as negociações sobre o IRS
20-05-2024 16:38

General Atlantic prepara oferta de três mil milhões para comprar o Idealista
20-05-2024 15:29

IMF ? Inflação dos EUA abrandou em abril
20-05-2024 15:00

EthiFinance inicia cobertura da CUF. "Rating" fica um nível acima de "lixo"
20-05-2024 14:09

Grupo MDS duplica negócio no Brasil com compra de corretora por 143 milhões
20-05-2024 12:01

Preços da produção industrial caem menos em abril
20-05-2024 11:50

Lucro da Ryanair sobe para 1.917 milhões no ano fiscal que terminou em março
20-05-2024 11:14

Microsoft em risco de incumprimento de metas ambientais por desenvolvimento da IA
20-05-2024 11:12

Transferências bancárias passam a ter confirmação de beneficiário
20-05-2024 11:02

Rosário Palma Ramalho vai presidir à concertação social
20-05-2024 09:50

Venda de casas recupera com descida de juros e inflação
20-05-2024 09:04

Presidente do Irão morre depois de acidente de helicópetero
20-05-2024 08:53

BCP a subir mais de 3,5% dá gás à bolsa de Lisboa
20-05-2024 08:16

Este é um caso em que "se justifica um inquérito parlamentar à Santa Casa"
19-05-2024 21:35

A sua semana dia a dia: Dividendos e contas na bolsa de Lisboa e as minutas da Fed
19-05-2024 19:00

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco