ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Wall Street cede em dia de pertubação nos "feeds" do Dow e S&P 500
30/05/2024 21:11

Os principais índices do outro lado do Atlântico perderam terreno. Apesar da revisão em baixa do crescimento da economia dos EUA no primeiro trimestre, outros indicadores apontam para uma atividade económica sólida, o que mexe negativamente com a expectativa de que o banco central corte os juros diretores este ano.

 

Outro dado divulgado nesta quinta-feira foi o dos pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos, que aumentaram em 3.000 na semana passada (face à precedente), ao ascenderem a 219.000, um número superior aos 218.000 projetados pelos economistas inquiridos pela Reuters.

 

Apesar do aumento das solicitações daquele subsídio, o número continua a ser considerado baixo, pelo que o mercado de trabalho norte-americano se mantém robusto – e, por isso mesmo, o abrandamento do PIB poderá não se manter, levando a que a Fed seja prudente na eventual flexibilização da sua política monetária este ano.

 

O índice industrial Dow Jones recuou 0,86% para 38.111,48 pontos, ao passo que o S&P 500 resvalou 0,60% para 5.235,48 pontos. Já o tecnológico Nasdaq Composite registou uma descida 1,08% para 16.737,08 pontos.

 

Pouco depois da abertura da sessão, o feed da evolução do Dow e do S&P 500 registou problemas durante cerca de uma hora e meia [das 10:41 até pouco depois das 12:00 (menos cinco horas face a Lisboa)], mas isso não afetou a negociação bolsista. O que aconteceu é que não estavam a ser gerados os valores dos dois índices, mas o problema foi rapidamente resolvido.

 

"Os feeds desses dados registaram um problema que levou a que os cálculos do S&P 500 e do Dow Jones estivessem suspensos durante pouco mais de uma hora. No entanto, a negociação prosseguiu normalmente e os preços das ações individuais não foram afetados", sublinhou a CNBC citando o operador de bolsa CME Group.

 

Os investidores aguardam agora pelos dados relativos às despesas de consumo pessoal nos EUA, que serão divulgados amanhã. Este é, recorde-se, o indicador de inflação preferido da Fed.

Lagarde diz de cortar ou não juros em setembro "está em aberto" e "dependente de dados"
18/07/2024 14:22

Von der Leyen reeleita presidente da Comissão Europeia
18/07/2024 13:27

Sem surpresas em Frankfurt. BCE mantém juros inalterados, depois do corte em junho
18/07/2024 13:16

Autoestradas do Douro Litoral vendida à Igneo
18/07/2024 13:12

Empresas têm de gerir melhor os riscos ESG
18/07/2024 12:41

Para onde vão os preços das casas em Portugal?
18/07/2024 12:00

CTT lançam subscrição online de certificados de aforro
18/07/2024 11:29

JPMorgan mais pessimista que o mercado. Fed e BCE só devem cortar três vezes juros em 12 meses
18/07/2024 10:59

Produção na construção cai 2,4% na Zona Euro em maio
18/07/2024 10:51

Reino Unido é o primeiro país europeu a aprovar carne cultivada em laboratório
18/07/2024 10:47

Von der Leyen: Respeito pelo Estado de Direito continuará a nortear fundos europeus
18/07/2024 10:09

Arvad, o refúgio perfeito com experiências únicas de enoturismo
18/07/2024 09:57

Jerónimo Martins e a DHL expandem parceria de cacifos de encomendas na Polónia
18/07/2024 09:49

Von der Leyen promete não aceitar polarização e destruição da UE por extremistas
18/07/2024 09:10

Lisboa acorda em alta com BCP na proa
18/07/2024 08:22

Portugueses viajam mais, a entrevista ao CEO da Sumol Compal e as contas da bolsa
18/07/2024 07:30

United Airlines aumenta lucros em 23% para 1,32 mil milhões de dólares
17/07/2024 23:55

Joe Biden cancela discurso de campanha após testar positivo à Covid-19
17/07/2024 23:39

Pedro Nuno Santos "otimista para as negociações" do OE2025 mas sem medo de eleições
17/07/2024 22:48

Secretária das Pescas promete eólicas 'offshore' alinhadas com a pesca
17/07/2024 21:45

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco