ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Inflação trouxe benefício de 9,3 mil milhões aos Orçamentos de 2022 e 2023
04/06/2024 08:56

Um estudo elaborado pela Área de Monitorização e Supervisão Orçamental do Conselho das Finanças Públicas (CFP), revela que o aumento da inflação beneficiou os mais recentes Orçamentos do Estado do Governo socialista de António Costa em 9,3 mil milhões de euros relativos a impostos e contribuições adicionais, avança o ECO esta terça-feira.

Por anos, o aumento dos preços em Portugal acabou por aumentar a receita fiscal e contributiva do Estado em mais 3,8 mil milhões, em 2022, e de 5,4 mil milhões de euros, em 2023, um cenário que o autor do estudo avisa que não irá repetir-se.  isto porque, "nos próximos anos, os exercícios de programação orçamental terão de se confrontar com taxas de crescimento da receita mais próximas da real dinâmica dos agregados macroeconómicos subjacentes".
 
Neste momento, o Estado já registou dois meses consecutivos de défice. Em abril, o saldo negativo disparou sete vezes para quase dois mil milhões de euros.

"Com a expectável moderação do ritmo de crescimento das remunerações e dos preços dos bens e serviços no ano de 2024 e seguintes, a margem para obtenção de acréscimos na receita desta magnitude tenderá a ser mais reduzida", refere o mesmo estudo

Segundo o Instituto Nacional de Estatística, a receita em impostos e contribuições sociais, atingiu os 87.301,8 milhões de euros, em 2022, e os 94.963,8 milhões de euros, em 2023, o que se traduz numa carga fiscal de 36% e de 35,8%, respetivamente.

Administrador da Nos vende 110 mil ações e encaixa 393,7 mil euros
22/07/2024 22:19

Warner Bros propõe-se igualar oferta da Amazon por direitos televisivos da NBA
22/07/2024 21:52

Greve na CP leva à supressão de 854 dos 1.054 comboios programados até às 19:00
22/07/2024 21:37

"Caçacores de pechinchas" dão fôlego a Wall Street
22/07/2024 21:26

Montenegro promete "tudo fazer" para tentar construir dobro das casas previsto no PRR
22/07/2024 20:51

BCP terá de cumprir requisitos de capital e passivos elegíveis de 28,67%
22/07/2024 19:13

Warren Buffet reduz posição na chinesa BYD para menos de 5%
22/07/2024 18:38

Governo quer refinaria de lítio "o mais rápido possível", mas admite rever áreas que vão a concurso
22/07/2024 17:55

Lucro da Navigator cresce 16% para 159 milhões até junho
22/07/2024 17:25

Angola registou quatro tentativas de furto de petroleiros nos últimos dois anos
22/07/2024 17:14

Eólicas no mar: Ministra diz que Portugal pode avançar com "dois projetos de 1 GW" até 2030
22/07/2024 16:53

Lisboa acompanha ganhos europeus e fecha em máximos de mês e meio
22/07/2024 16:49

Além do financiamento de 12 milhões, Inapa já tinha pedido outros 15, diz Governo
22/07/2024 16:07

Presidente executivo da IAG garante que grupo continua na corrida pela TAP
22/07/2024 14:01

Inapa: Ministro da Economia diz que é preciso "proteger dinheiro dos contribuintes"
22/07/2024 13:33

Galp em "discussões preliminares" com potenciais parceiros no petróleo da Namíbia
22/07/2024 12:40

Galp vende operação na Guiné-Bissau à Zener por 31 milhões de euros e sai do país
22/07/2024 12:15

China avalia se prolonga taxas punitivas sobre alguns produtos siderúrgicos da UE
22/07/2024 12:12

Grupo Vodafone vende mais 10% da Vantage Towers por 1,3 mil milhões de euros
22/07/2024 11:38

Não perca o programa do Negócios no Now, canal 9
22/07/2024 11:14

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco