ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Exigência salariais alemãs acima da inflação preocupam BCE
17/06/2024 22:10

O maior sindicato alemão, o IG Metall, anunciou esta segunda-feira que vai exigir uma subida salarial de 7% para os 3,9 milhões de trabalhadores das indústrias dos metais e da eletricidade na negociação coletiva que terá início em meados de setembro. Foi esta a recomendação do seu conselho de administração para os negociadores do setor – que é a espinha dorsal da economia alemã e uma referência para acordos salariais noutros setores.

A proposta deverá enfrentar, logo à partida, dois obstáculos. Por um lado, “é provável que seja recebida com frieza pelos líderes da indústria, que se depararam com uma crise energética desencadeada pela invasão da Ucrânia por parte da Rússia e por uma ampla contração da economia alemã”, sublinha o Financial Times. Adicionalmente, o Banco Central Europeu (BCE) deverá alertar para os riscos de que uma atualização salarial desta dimensão enfraqueça o combate à inflação.

A presidente do BCE, Christine Lagarde, já se mostrou preocupada com a evolução dos salários na Alemanha, que se situa acima dos últimos dados da inflação. Para a autoridade monetária europeia, o último quilómetro da maratona [para que a inflação desça à meta de 2%] é tentar que os salários não façam subir os preços, refere o El Economista.

“A exigência de um aumento de 7% numa das áreas mais débeis da economia alemã reflete os contínuos esforços dos trabalhadores no sentido de recuperarem poder de compra depois do forte aumento da inflação há dois anos. Mas também deverá preocupar o BCE, que está a contar com uma moderação nas exigências salariais para que a inflação possa atingir a sua meta de 2% no próximo ano”, acrescenta o FT.

Prémios únicos devido a inflação foram solução

Para muitas empresas da maior economia europeia, a forma de contornar a pressão de aumentos salariais permanentes passou pelo pagamento de compensações únicas devido à inflação. Mas agora, o IG Metall argumenta que esses “prémios”, que estava isentos de contribuições sociais, foram “engolidos” pela inflação e exigem novas subidas nos salários.

A estrutura sindical sublinha que as empresas germânicas têm carteiras de encomendas elevadas e que os trabalhadores estão a “trabalhar no duro”, mas que o seu poder de compra tem encolhido.

Correção no BCP após máximo de oito anos leva Lisboa ao vermelho
17/07/2024 16:56

Horta Osório não excluiu oferta vinculativa pela Altice "se acionistas resolverem retomar" a venda
17/07/2024 16:42

Primeiro-ministro cancela viagem a Oxford por motivos de saúde
17/07/2024 16:37

IP vai candidatar-se em setembro a mais fundos europeus para alta velocidade
17/07/2024 16:17

Light & Flare: Dois universos unidos pela luz
17/07/2024 15:48

Produção de biometano pode crescer 178% até 2030 e poupar 1,4 mil milhões aos consumidores
17/07/2024 15:25

Xi pede ao Partido Comunista Chinês "fé inabalável" na sua estratégia económica
17/07/2024 15:04

Tripulantes admitem convocar greve na Easyjet
17/07/2024 14:43

PS avisa: "É praticamente impossível" aprovar OE 2025 sem cedências
17/07/2024 14:39

Grupo Pestana prepara novo investimento em Porto Covo
17/07/2024 13:03

Von der Leyen perde no Tribunal Geral da UE caso sobre transparência nos contratos Covid
17/07/2024 13:03

Angola "muito contente" com participação no BCP. Vender não é opção
17/07/2024 11:44

Alta velocidade Lisboa-Porto assegura fundos europeus
17/07/2024 11:35

Montenegro afasta para já fim da derrama estadual e espera que descida de IRC aumente a receita
17/07/2024 11:13

Eurostat confirma desacelaração da inflação na Zona Euro para 2,5%
17/07/2024 11:05

Portugal coloca mil milhões de euros em dívida de curto prazo. Cupão fica nos 3,552%
17/07/2024 10:41

"O primeiro-ministro não exige lealdade ao Parlamento, presta contas ao Parlamento", responde PS
17/07/2024 10:21

Governo aprova segunda PPP para a alta velocidade
17/07/2024 10:16

Sustentabilidade contribui para 12,7% do valor financeiro das marcas em Portugal
17/07/2024 09:55

Montenegro ao ataque: "Oposições têm dever de lealdade de nos deixarem governar"
17/07/2024 09:53

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco