ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Jantar de líderes da UE termina sem acordo após primeira tentativa sobre cargos de topo
17/06/2024 23:25

O jantar informal de líderes da União Europeia terminou hoje sem acordo, numa primeira discussão que será retomada na próxima semana sobre cargos de topo no mandato seguinte que envolve o ex-primeiro-ministro António Costa, avançou à Lusa fonte comunitária.

"Não há uma decisão esta noite. Muitos líderes [no Conselho Europeu] querem ver um programa antes de chegarem a acordo sobre os nomes", disse à agência Lusa um diplomata europeu envolvido nas negociações.

Fonte oficial do Conselho Europeu confirmou depois aos jornalistas em Bruxelas, cerca das 23:40 (hora local, menos uma em Lisboa) que o jantar tinha terminado.

Este foi o início oficial de um debate sobre os cargos de topo da União Europeia (UE) que deve culminar com uma decisão na cimeira europeia ordinária da próxima semana, discutindo-se o nome de António Costa para a liderança do Conselho Europeu, o de Ursula von der Leyen e o de Roberta Metsola para segundos mandatos na Comissão e no Parlamento, respetivamente, e o da primeira-ministra da Estónia, Kaja Kallas, para chefe da diplomacia comunitária.

Este jantar informal dos líderes da UE sobre os cargos de topo no próximo ciclo institucional, entre 2024 e 2029, decorreu uma semana depois das eleições europeias, que deram vitória ao Partido Popular Europeu (PPE), seguido dos Socialistas e Democratas (S&D) e dos liberais do Renovar a Europa.

A fonte europeia adiantou à Lusa que, esta noite, "os três partidos [PPE, S&D e liberais] apresentaram os três primeiros candidatos", incluindo, assim, o nome de António Costa para o Conselho Europeu.

Correção no BCP após máximo de oito anos leva Lisboa ao vermelho
17/07/2024 16:56

Horta Osório não excluiu oferta vinculativa pela Altice "se acionistas resolverem retomar" a venda
17/07/2024 16:42

Primeiro-ministro cancela viagem a Oxford por motivos de saúde
17/07/2024 16:37

IP vai candidatar-se em setembro a mais fundos europeus para alta velocidade
17/07/2024 16:17

Light & Flare: Dois universos unidos pela luz
17/07/2024 15:48

Produção de biometano pode crescer 178% até 2030 e poupar 1,4 mil milhões aos consumidores
17/07/2024 15:25

Xi pede ao Partido Comunista Chinês "fé inabalável" na sua estratégia económica
17/07/2024 15:04

Tripulantes admitem convocar greve na Easyjet
17/07/2024 14:43

PS avisa: "É praticamente impossível" aprovar OE 2025 sem cedências
17/07/2024 14:39

Grupo Pestana prepara novo investimento em Porto Covo
17/07/2024 13:03

Von der Leyen perde no Tribunal Geral da UE caso sobre transparência nos contratos Covid
17/07/2024 13:03

Angola "muito contente" com participação no BCP. Vender não é opção
17/07/2024 11:44

Alta velocidade Lisboa-Porto assegura fundos europeus
17/07/2024 11:35

Montenegro afasta para já fim da derrama estadual e espera que descida de IRC aumente a receita
17/07/2024 11:13

Eurostat confirma desacelaração da inflação na Zona Euro para 2,5%
17/07/2024 11:05

Portugal coloca mil milhões de euros em dívida de curto prazo. Cupão fica nos 3,552%
17/07/2024 10:41

"O primeiro-ministro não exige lealdade ao Parlamento, presta contas ao Parlamento", responde PS
17/07/2024 10:21

Governo aprova segunda PPP para a alta velocidade
17/07/2024 10:16

Sustentabilidade contribui para 12,7% do valor financeiro das marcas em Portugal
17/07/2024 09:55

Montenegro ao ataque: "Oposições têm dever de lealdade de nos deixarem governar"
17/07/2024 09:53

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco