Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Turismo de Portugal fez concurso "ilegal" e "viciado" para dar negócio à mesma de sempre
16/11/2019 13:43

Há já cerca de 18 anos que a Multilem, Design e Construção de Espaços monta os stands do Turismo de Portugal nas feiras, tendo sido, mais uma vez, a escolhida pela entidade tutelada pelo Ministério da Economia no último concurso público lançado para o efeito, ganhando um contrato no valor de 3,2 milhões de euros.
 
Uma adjudicação que foi judicialmente contestada por uma concorrente, a Expo Mundo, alegando que o concurso foi "baseado em documentos fabricados e fornecidos" pela Multilem, que entregou a única proposta admitida.
 
Depois de, em maio passado, o Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa ter decidido não anular o concurso público em questão, o Tribunal Central Administrativo (TCA) veio agora negar a sentença da primeira instância, mandando o Turismo de Portugal anular o contrato adjudicado à única empresa admitida a concurso, por esta ter "participado, direta ou indiretamente, na elaboração" do caderno de encargos, revela o jornal Público.
 
A sentença proferida a 7 de novembro pelo TCA acusa a administração da entidade liderada por Luís Araújo de ter atuado de forma "ilegal" ao promover um concurso público "viciado", com violação de vários "princípios", nomeadamente, "da imparcialidade, da isenção, da concorrência, da boa-fé, da confiança, da transparência e da não-discriminação", condições "adstritas à contratação pública".
 
Com a decisão proferida pelo TCA, afirma o Público, o Turismo de Portugal terá, tudo indica, de anular o contrato assinado com a Multilem, pelo que a porta pode abrir-se à contratação da Expo Mundo.
 
Com sede na Azambuja, a Multilem está ligada à família Lino Castro e a Nuno Gaioso Ribeiro, o acionista da Capital Criativo, e administrador desta sociedade de eventos.
 
A Expo Mundo, com sede na Arruda dos Vinhos, é detida por Miguel Gomes e Paulo Amaral.
 
O Turismo de Portugal está a analisar se recorre do acórdão do TCA, disse o administrador Filipe Silva à Lusa.
"Houve uma decisão por parte do Tribunal Central Administrativo revogando a decisão por parte do Tribunal Administrativo de Lisboa e, neste momento, estamos a analisar o acórdão e, no fundo, tomaremos as devidas providências relativamente aos passos seguintes em matéria de recurso sobre esta decisão por parte do Tribunal Central", afirmou o responsável.
O administrador falava à Lusa à margem do 45.º Congresso da Associação Portuguesa das Agências de Viagens (APAVT), que decorre no Funchal, até domingo.   
 

Segunda vaga no Reino Unido pode provocar cerca de 120 mil mortes
14/07/2020 11:28

IEFP vai responder em 10 dias às empresas que peçam apoio após o lay-off
14/07/2020 11:21

Concorrência: "Setor das telecomunicações tem pouca dinâmica concorrencial". 5G é oportunidade para
14/07/2020 11:14

Google e portuguesa Indico lançam acelerador com 12 milhões
14/07/2020 11:00

UE não quer abrir fronteiras a mais países até agosto
14/07/2020 10:49

Convenções coletivas aumentaram 9% em 2019 mas abrangem menos trabalhadores
14/07/2020 10:32

CTT têm de se ?focar naquilo que verdadeiramente lhe pode trazer sucesso?
14/07/2020 10:03

Boicotar não vale de muito
14/07/2020 09:50

CP reduz prejuízos para metade em 2019
14/07/2020 09:35

Respostas convencionais não foram suficientes na região de Lisboa
14/07/2020 09:31

Uber passa a estar disponível em todo o país
14/07/2020 09:07

EDP vende fatia do défice tarifário por 273 milhões
14/07/2020 08:36

Singapura em recessão pela primeira vez em mais de uma década
14/07/2020 08:30

EDP antecipa fecho das centrais a carvão. Sines encerra em 2021
14/07/2020 08:08

PSI-20 segue queda das bolsas europeias com Galp e EDP a cederem mais de 1%
14/07/2020 08:06

5 coisas que precisa de saber para começar o dia
14/07/2020 07:30

Certificados, roupa para outra estação e uma dúvida chamada TAP
14/07/2020 07:00

Covid-19: Costa acredita que Europa começa finalmente a perceber situação de Portugal
14/07/2020 00:24

Perspetiva de queda dos lucros das cotadas abala Wall Street
13/07/2020 21:11

Costa tentou acordo com Rutte mas intransigência dos Países Baixos mantém-se
13/07/2020 20:03

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco